sábado, 31 de janeiro de 2009

Jacada Pós-Cota by Lobo

Olá, lobinhas! Antes de mais nada eu gostaria de agradecer o apoio e o carinho de vocês no meu post anterior. Valeu realmente a pena contar sobre a minha vida para vocês, foi gratificante ver o quão bem recebido e compreendido fui. Palmas para vocês, vocês são demais!



Ok, Lobo... Mas e essa Jacada aí?!

Muito bem, muitos de vocês que fazem RA, DP, e mais um monte de siglas aí que querem dizer "Perder ou Manter Peso" devem conhecer a famosa Lei da Compensação. Que é aquela onde diminuímos no dia (ou semana, ou mês!) para compensar o nosso exagero anterior. O problema é, geralmente nós passamos dos limites repetidamente e isso além de desanimar, coloca toda a Dieta em cheque. Analisando as "jacadas" recentes de vocês, minhas lobinhas, e as minhas também eu cheguei à conclusão de que 65% das jacadas que cometemos acontece porque atingimos nossa cota diária e ainda sim temos fome/gula. Quando comecei minha RA (Uso a Dieta dos Pontos atualizada) eu senti isso também, mas pensei em um método de contornar isso e queria compartilhar com você. A questão é, o que nos leva a cometer a "Jacada Pós-Cota" (acabei de inventar o nome)? Listei alguns fatores abaixo:

- Influência externa (Tem uma barra de chocolate lá na mesa me chamando!)
- Gula (Nossa, aquele peito de frango estava tão bom, e se eu comer outro? Ah não posso!)
- Fome (Meu Deus, eu comi, atingi minha meta e meu estômago parece um Leão no ritual de acasalamento de tão barulhento!)

Vou falar um pouquinho deles.

Influência Externa

Seria tão mais fácil se na nossa geladeira só tivesse aquilo que fôssemos comer o dia todo, sem nada além disso e na quantia exata para o dia, não é mesmo? Mas isso é utopia. Sempre vai haver algo para chamar a sua atenção, ainda mais se você não mora sozinho.
Eu vejo muita gente dizendo "Esconde o chocolate, some com o sorvete!" e vejo o quanto isso é ineficaz. Esconder as coisas é fugir do problema e não resolvê-lo. E se a pessoa vai para o Shopping? E na Praça de Alimentação?! Nem o Harry Potter com ajuda do Gandalf e apoiado pelo Chuck Norris será capaz de fazer toda aquela comida sumir. Então tente conviver com a influência externa, controle-se ao máximo. Se não resistir, puna-se, sinta-se mal (essa é a hora!) se resistir, comemore como se tivesse perdido peso, pois efetivamente você perdeu só de não comer aquilo. Então, eduque o seu cérebro.

Gula

A Gula é traiçoeira, é como se fosse um parasita que entra no nosso pensamento e só sai quando está saciada. Mas como todo parasita, ela só existe se tiver algo para alimentá-la, no caso a nossa cabeça. A Gula pode ser controlada se você não permitir que ela pense. Quando você tiver comido, estiver satisfeita e, tempo depois, sentir vontade de comer algo não tente pensar sobre o assunto. Seja cabeça-dura! Não! Diga, não!
- Ah, mas amanhã eu compenso... NÂO!
- Ah, mas é saudável... NÂO!
- Ah, mas é bem pouquinho, há meses atrás eu comia 20 vezes o que como hoje, um deslize agora não vai mudar em nada... NÂO!

Ou você corta o mal pela raiz ou a balinha vai evoluir para uma colher a mais de arroz, que vai virar um bife a mais, que vai virar um prato que você repete e aí você não controla mais! Escuta o Lobo, é experiência própria!

Fome

E então vem o problema maior, você comeu, atingiu seus pontos, mas está sentindo FOME. E é fome de verdade, o que você comeu não te saciou e você quer comer algo, qualquer coisa, uma fatia de quiabo com jiló faria você salivar! O que fazer nesse momento? Aí é mais complicado...
Quando você sente fome é porque fez algo de errado no dia, como tomar um sorvete pela tarde e ficar sem poder jantar por causa disso. Nesse caso, o que eu recomendo? SOFRA! Isso mesmo, sofra! Aprenda da pior maneira possível, eu duvido que você vai fazer esse tipo de besteira novamente depois de ir dormir com a barriga roncando. Essa conversa de "Ah, eu como hoje, amanhã eu compenso" não vai adiantar.Não que eu não seja a favor da compensação, mas ela deve ser usada em medidas emergenciais....Hmm, tá vindo uma metáfora na minha cabeça...

PRONTO! Você educar sua alimentação é como fazer sexo, se você tiver consciência e usar preservativo ou tomar direitinho o anticoncepcional não terá problemas! E se um dia acontecer algum acidente, você toma uma pílula do dia seguinte para remediar!

Entenderam? A Compensação deve ser usada como uma espécie de pílula do dia seguinte, para casos de emergência. Se você fizer disso (compensar) um hábito você vai estar burlando as suas próprias regras! Então seja firme e se sentir-se mal por erro seu, problema seu! Nada de fazer carinho não! Nada de excesso de compreensão! Faça como eu: não seja bonzinho! Pois eu sou um Lobo e muito mal ainda por cima! (Mas eu não comi a vovózinha porque vovózinhas são CA-LÓ-RI-CAS!)
Brincadeiras a parte, com o tempo o sacrifício torna-se hábito. E você vai parar de sofrer, vai acontecer tudo naturalmente. Isso é se reeducar, e reeducar é mudar...para melhor!

Espero que todas vocês consigam ter um corpo lindo, mas principalmente uma mente saudável para poder controlar esse corpo!

Beijos do Lobo, minhas queridas!

11 comentários:

Anne costa disse...

Sabe que eu tbm acho que esta desculpa de compensar no dia seguinte,só faz adiarmos ainda mais os resultados positivos na nossa dieta.
O pior que quando a gula se torna hábito,quando atingimos o peso ideal fica ainda mais fácil o "efeito sanfona" nenão?

Beijos!!!

rosinha disse...

Ai amigo, nem me fale em jacadas, desde sexta feira, tô só jacando..rs. E claaro que não vou conseguir compensar isso num dia né...então, voltemos a estaca zero na segunda...afff...legal suas explicações....ps: quanto à tabelinha, putz, existem muuuuitas por ai, por isso deve ter estranhado a minha. Mas valeu mesmo assim....bj

Gostosura disse...

e tem outra coisinha tb... eu identifiquei comigo
a 'síndrome da imunidade calórica'
vc emagrece um pouco e acha que pode comer 'só um pedaço a mais' que não vai engordar.
pura ilusão
hehehe
:)

Mirelle disse...

Lobo é a mais pura verdade. O negocio é hábito para tudo. O negocio é saber quais os bons e maus hábitos. Bjs

Val disse...

E verdade Logo, concordo com vc, quando se sente fome e porque se fez algo errado...

Eu ando jacando tanto ultimamente que nem sei quando vai ser a minha proxima pesagem...

Postar eu so posto amanha...

Seu post de hoje foi muito educativo...

Beijos

Futura Garota Magra disse...

Oi querido lobinho
Seu post veio na hora certa...
To jururu da vida,aumentei meu peso,e tive uma crise compulsiva por doce hoje...
Nao sou exemplo....
obrigada pela visita!
adoro viu
bjs

Holly disse...

O q seria das dietas sem jacadas? Perfeitas . E me diz Lobo oq em nossas vidas é perfeito? Nada.
Então, tudo tem um motivo bom ou ruim. Aprendemos com as jacadas embora na hora possamos odiá-las e temos msm q detestá-las p/nunca mais cometer. Temos q aprebnder com elas, temos que nunca esquecer aquele sentimento péssimo q vem em seguida do êstaxe de comr aquele prato predileto. Decidi que vou mudar meus planos, não quero mais vomitar todas as minahs jacadas pq esse ciclo não vai ter mais fim. Vou aprender com elas se jaquei ótimo amanhã recomeço e não vou mais "aliviar" pq o q tenho é uma ilusão de alivio.

Mas enfim, torço por vc conseguir driblar as jacadas e um dia não vamos mas tê-las. E nesse diz olharemos p/trás e vamos perceber o quanto vamos imbecil de termos comido coisas além de nossas cotas.

Beijos e que você tenha uma ótima semana.

disse...

Adorei o post.

Acho q este método da compensação não pode virar rotineiro, mas na proporção certa ok.

Eu estou tentando melhor as jacadas e buscando ver quais são os fatores, muitas vezes penso "ahh q se dane!depois emagreço!!" ou "já q estou aki, todo mundo ta comendo msmo..."

Nunk eh fome d verdad kkk

Mas sab q estes dia uma amiga postou no blog q estas vontades duram 8 min??Q foi provado cientificamentee tal...agora minha estratégia é: DAQUI 8 MIN PASSA...!

uhUAHUhuH...

aMORE, BEIJOS E ÓtImA semana!

Srtª Vihh disse...

Oieeeeeeeeeeeee
Lobinho do meu core!*-*
POis é, amei teu post, viu??
super hilário e acho que vc tem razão!
hehehheheheheh
fica no controle,tá?
bjO

cintia disse...

Bah, com certeza! Nunca dá certo essa coisa de compensar... No outro dia tb pode ter algo deliciosamente irrecusável e aí como fica??? Viver o aqui e agora sempre pensando nas consequencias é a melhor solução! Beijos e ótima semana!

Bridget disse...

A-M-E-I o post!!!!!!!

Postar um comentário